2 de Setembro de 2014

A jóia!



Alianças Eternis

Mãos arranjadas no espaço L'Image

dia e noite




Créditos

Cabelo: Inês Rebelo, espaço L'Image
Make Up: Kátia Vicente
Vestidos: Maria Guedes
Organização e decoração: Festa Aluga
Música ao vivo: XPTO
DJ: Toby Milage



os vestidos!



E aqui ficam as primeiras imagens dos meus vestidos de casamento!

O primeiro todo plissado - adoro! - e o segundo, para dançar,  com as tais flores que vocês me viram fazer. Os sapatos comprei nos saldos deste verão e neste momento, com os pés em feridas profundas, mal consigo olhar para eles. Devia ter comprado umas plataformas cómodas e baratas (afinal de contas ninguém vê os sapatos) que não me agredissem desta maneira! Os brincos eram da minha avó - o something blue - e a maquilhagem da fantástica Kátia Vicente. 


Estamos os dois cheios de trabalho e por isso a Lua de Mel vai ter que esperar até ao Inverno - que afinal de contas é quando sabe melhor parar e ir para longe - e agora estamos só a aproveitar uns dias a sul (e está TÃO bom!).

Estas fotografias INCRÍVEIS são da Love is My Favorite Color,
os grandes fotógrafos deste dia, que tão bem captaram o mood, as pessoas e a animação!

Mais imagens durante esta semana.

Beijinhos!



26 de Agosto de 2014

faltam 4 dias



Comecei a fazer flores como se a minha vida dependesse disso no estágio que fiz com o Zac Posen, em Nova Iorque (2006). Não tinha jeito para mais nada no studio - a não ser desenhar mas parece que já não se usa - e então, com os outros estagiários passei a fazer flores de tecido de manhã à noite, durante quase um mês, em modo praticamente industrial (estávamos a trabalhar primavera 2007). 

Parece chato mas era muito animado - quase terapêutico - e sem dúvida mais divertido do que fazer recados, organizar livros por ordem alfabética, dividir um milhão de botões por gavetas ou ir buscar venti soy latte's ao Starbucks local.


Convenci-me que era expert em flores - doutorada e pós graduada - e durante muito tempo fazia questão de enfiá-las em qualquer trapinho que desenhasse, como se fosse a minha imagem de marca. 

Deixei de ter tempo e deixei-me disso, mas agora pensei que não era mal pensado reavivar essa ideia só para um detalhe, só para o vestido curto e só para este dia.


Claro que adorei o regresso à agulha, à linha e à tesoura.
Até me fez bem.


camisa e saia da Zara ⎪ ténis Stan Smith Adidas ⎪ perfume MyNY DKNY
flores (reais) oferecidas pela Garnier, para a semana sabem porquê.